Excel x Power BI – Quem é melhor?

Não há algum segredo com relação ao Excel em ser uma das, senão, a mais usada planilha eletrônica do mundo.

Por anos, essa ferramenta tem auxiliado (em alguns momentos, até salvo), vários perfis de profissionais de vários segmentos. Uma ferramenta extremamente difundida em qualquer área, desde uma simples soma, até na criação de cenários probabilísticos com “Solver”.

O Excel ao alongo dos anos teve outras ferramentas incorporadas, como solver, ferramentas estatísticas, VBA (Visual Basic for Applications), Power Query, Power View, entre outros. Criando uma aplicação extremamente poderosa e versátil.

Porém, como o Excel se desenvolver e cresceu, outras ferramentas também surgiram e uma dessas ferramentas vem chamando a atenção, é o Power BI.

O Power BI tem como proposta de extrair dados de outras ou quase qualquer fonte de dados e criar dashboard, relatórios e análises. Tem ganhado muito mercado por ser uma ferramenta gratuita (Power BI Desktop) e ser intuitiva, graças a algumas parecidas com Excel, o Power BI tem ganho cada vez mais adeptos.

Bom, vamos ao que interessa. Apesar de serem da mesma empresa, Microsoft. Ambas as ferramentas rivalizam?

Na minha opinião, não. Apesar de o Power BI possuir algumas ferramentas do Excel, como o Power Query. As duas ferramentas de complementam. O Excel terá suas vantagens e desvantagens e o Power BI terá o mesmo cenário.

O Excel, o usuário ainda terá a versatilidade da ferramenta, podendo trabalhar, por exemplo, especificamente em uma célula, análises de desvio de um relatório financeiro, ou seja, extremamente versátil para escrever e adaptar qualquer tipo de trabalho. Tem uma grande gama de usuários e informações para dúvidas.

O Power BI, de forma bastante superficial, absorve o básico das aplicações Access, Excel e Power Point.

É uma ferramenta que tem auxiliado muitas empresas, principalmente de pequeno e médio porte nas tomadas de decisão, pois a sua facilidade em criar efeitos visuais permite maior facilidade de entendimento das informações. Uma das vantagens do Power BI, é a capacidade dessa ferramenta extrair dados em praticamente qualquer fonte de dados, realiza o “Upload” de uma grande base de dados rapidamente e não há limites de linhas como no Excel, compartilhamento online, maior gama de efeitos visuais como gráficos. Interação entre os painéis desenvolvidos, integração com linguagens Python e R.

Afinal, quem é melhor? Como disse anteriormente, não vejo nenhuma das ferramentas como melhor, mas atendendo necessidade e momentos específicos. Por exemplo, algumas vezes, precisei identificar divergências em um relatório financeiro e realizar os apontamentos para que o meu gestor pudesse verificar, sendo o Excel a melhor aplicação para realização dessa tarefa.

Em algumas situações, o Power BI se mostra mais eficiente, por exemplo, imagina ter que receber todos os meses um arquivo – livro razão – com informações contábeis para gerar uma D.R.E, sendo necessário tratar os dados, separando contas de balanço e resultados. Depois, agrupar dentro do layout da D.R.E e distribuir entre 15 gestores de 15 filiais. No Excel, seria uma tarefa trabalhosa e que levaria alguns dias. No Power BI, seria algumas horas e talvez, com apenas uma pessoa. Podendo gerar painéis de indicadores e resultados.

Por isso que eu digo, determinadas aplicações para determinados cenários ajudaram cada individuo na sua tarefa. Essencial, que se tenha o Excel e o Power BI.

Kleyton Fraga da Silva
Kleyton Fraga da Silva

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam mauris ligula, hendrerit egestas felis non, viverra commodo lectus. Nam faucibus porttitor ultricies. Praesent ac quam scelerisque, laoreet elit in, viverra nulla.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *